sexta-feira, 25 de julho de 2014

Desejos..



Que nunca...
 Jamais...
 Em tempo algum nos falte o sonho.
 Que não nos falte
 os campos perfumados de alecrim 
Que não nos falte a poesia,
 a poesia de todos os dias
 Que nunca nos falte
 a inocência de saber-se amado .
 Que esse amor nos cure e nos dê asas
 E nessa plumagem macia
 Possamos cruzar céus e mares... 
Aproximar- nos das estrelas
 Fascinarmos com a beleza da lua
 E, depois, voltarmos a terra flutuando 
Embevecidos de poesia.

 Arnalda Rabelo 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário