segunda-feira, 16 de junho de 2014

Amor, proteção...



Se eu pudesse voar...
 Levaria até você
 Um pedacinho de amor, 
Um cheirinho de chuva,
 O perfume de uma flor.
 Quisera eu,
 como uma águia voar,
 O céu invadir,
 e no bico levar
 Um grão de fé,
 Um cálice de proteção,
 Uma centelha de luz que não se apaga,
 Uma chama de sabedoria infinita.
Ah... mas quem sou eu?...

 Tata 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário