segunda-feira, 17 de março de 2014

Um novo dia...


Madrugada,
 às vezes,
 Sinto medo,
 me conto segredos,
 Vou na memória, 
Conto-me histórias de
 Glórias e vitórias,
também me acho, em vários fracassos; 
Choro, nos braços da emoção;
 Carrega-me no colo, e deita-me no coração,
 Silenciosamente,
Ouço uma canção de ninar,
 Que delícia, ouvir acreditar, 
Tudo passa, a dor também,
 O amor, não;
 Faz a vida continuar,
 Nasce o sol pra Me acompanhar,
 Um novo dia, vou melhorar,
 E continuar a amar. 

 Marisa de Medeiros

 Hoje, Ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário