quarta-feira, 12 de março de 2014

Por ai...


Embriagada de amor
Expulsei minha dor,
 doei meu coração
 e abandonei a solidão

 Envolvida em teu olhar
 respirando contigo o mesmo ar
 vivi um sentimento fiel,
 sabor "favos de mel." 

 Que desilusão 
quando um dia descobri,
que te amava com fervor 
e tu eras apenas um colibri,
 que beijavas qualquer flor ... 

 Maria Eduarda

 Hoje, Ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário