segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Sua partida...


Até quando
 esperar esse amor, 
Parece uma eternidade sua partida,
 Deixaste este coração vibrando emoções,
 Até mesmo no olhar é real esse tremor. 
 Até quando
 esperar esse amor,
Que não liga mais para saber com estou,
 As tardes perderam seu encanto,
 A pureza do sentir é o que restou. 
 Até quando
 esperar esse amor,
Que finge não dar importância, 
Mas, que se insinua quase sem querer
 E remexe as brasas dormidas 
da saudade.
 Até quando,
 esperar esse amor... 

 Alvorada

 Hoje, Ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário