sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Te chamando...


Minha emoção brota,
 Minha pele é a fresta
 Por onde entrarás
 Nas noites incertas.
 Prisioneira do destino,
 Do teu calor o caminho,
 Da alma minha esperança,
 Do teu amor minha lembrança. 
 Tua serei na minha estrada,
 É a paixão que de ti guardo, 
A doçura amena da poesia,
 O meu desejo te chamando 
Todo dia.
 É no silêncio que a inspiração brota
 Na solidão que fere a alma,
 No desalinho da cama vazia
 Espero tua presença
 Embalando-me os dias
 Prendendo-me nos braços,
 Penetrando em minha carne
 Todo prazer sentido, 
Nos devaneios secretos
 Que sacodem a minha vida.

 Márcia Rocha 

 Hoje, Ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário