sábado, 18 de janeiro de 2014

Sem saber...


...Te amo
 sem saber como,
 nem quando, 
nem onde,
 Te amo
 diretamente sem problemas 
nem orgulho:
 Assim te amo
 porque não sei amar de outra maneira,
 Senão assim deste modo em que não sou nem és, 
 Tão perto que tua mão sobre meu peito é minha, 
 Tão perto que se fecham seus olhos com meu sonho...
Te amo.

Pablo Neruda

 Hoje, Ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário