sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Corpo e poesia


Levarei comigo
 o contorno dos teus traços
 A saudade de nascer
 e morrer em teus braços. 
Levarei a cor do céu quando ele escurece
 E o adorarei qual beata em louvor à prece.
 Levarei a saudade do que não se viveu
 As cenas de amor, o beijo que se perdeu.
 Levarei o frio da noite que estremece
 E a lembrança que o meu corpo aquece.
 Levarei teu riso como bem precioso
 E a louca simbiose ecoando o gozo
 Desvirginando flores pela madrugada, 
 Quando em meio à lua e à maresia
 Rimávamos nossos corpos em poesia 
E eu brotava rosa,
por ti orvalhada...

 Milene 

 Hoje,Ame intensamente e Seja Muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário