domingo, 12 de janeiro de 2014

Caminhante.



Tantos sentimentos me perseguem... 
E nesta vida em que eu vou passando 
Céus inteiros me clareiam, quando
 Todos os de bom amor me seguem...
 Com a voz do infinito eu vou cantando
 As melodias dos que não temem,
 Dos que, nos louvores, prevalecem
 Nos maus das noites dispersando...
 Eu anseio qual se afia prudentemente,
 O que não se firma em mau intento,
 Que não se deixa amar secretamente. 
 Pois que os sentimentos nesse mundo, 
Não inquire tudo o que se vai vendo...
 Mas anseia o coração,
 que é profundo! 

 Dolandmay 

 Hoje, Ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário