domingo, 26 de janeiro de 2014

Ausências...


De hoje em diante
 Não mais cumprirei
 nosso acordo sem palavras,
 Não posso mais me dar em parte,
 Meu coração se afeta em dobro

 Quando tento deixa lo na porta,
 Não te darei mais minhas palavras vãs
 Nem minhas fracas esperanças
 De que um dia me digas "fique"

 Não quero mais as ausências não sentidas 
Nem minhas presenças esparsas e dispersas 
Na tua cama fria,
 Chega de ouvir tuas historias 
de uma vida sem mim.

 Rosa Negra

 Hoje, Ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário