quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Mansamente, o amor...



As palavras...
 Ah! as palavras,
 não me pertencem,
 elas pertencem ao vento,
 eu apenas as assopro
 e elas seguem o seu destino.
 As vezes
 caem e se perdem
 no abismo,
 outras vezes
 encontram aconchego
 em um coração vazio...
 És importante
 para mim, 
Te amo.

 Alvorada

Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário