terça-feira, 31 de dezembro de 2013

És sublime...



Abri os braços
 iguais aos pássaros abrem as asas 
Num voo de sentimentos
 Percorri o mundo qual gaivota no mar...
Viajei com o sentir do sonho perdido
 Em sussurros falava de um amor irreal
 A maldita contradição
 Duelo eterno entre a dor e a paixão!
 Presenciei o quebrar das ondas nas pedras 
Assisti os dias amanhecerem
 e a neblina meu corpo regar 
Em alvoradas orvalhadas e frias 
Peguei carona no sibilo do vento...
 Para descansar 
E adormeci nas noites
 com suas sombras fantasmagóricas
 No céu estelar.
 Uma longa e penosa viagem
 ao encontro da Inspiração! 
Aventura cheia de sentimentos... 
Rumo ao infinito
 A Saudade
 devastou meu coração que segue em silencio
 Lágrimas que escorreram ao meu versejar...
 Um sublime aroma surge por entre as brumas... 
Essência dos deuses... 
Finalmente és tu!

 Celina Vasques 

 Hoje, Ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário