sábado, 28 de dezembro de 2013

Cintilante beleza.


Desviava o olhar da noite que vinha,
 é que era feita de sol e de dias,
e então preferia escolher
 dormir sobre as nuvens
 pra alcançar o sol mais alto...
 trazia nas mãos 
um punhado de pequeninas luzinhas
 que a noite deixara cair do luzeiro das estrelas...
 era menina vestida de lua,
 fazia tranças nos cabelos,
 e corria pela praia 
pra encontrar a manhã ainda nua,
 Ela era a mais bela das clarezas,
 que a gente costuma desenhar
 com giz de cera,
 Gosto de imaginá-la assim
 sempre viva a clarear o sorriso
 com a mais cintilante beleza!

 Silvio

 Hoje, Ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário