sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Teus braços.


Eu andava na trilha,
 Tu vinhas por ela,
 Meu amor
 caiu nos teus braços,
 Tremestes nos meus,
 Desde então o meu céu
 À noite teve estrelas
 E a tua vida foi rio 
 Que pronto as recolheu
Para ti cada rocha
 Que tocar as mãos 
Vai ser um manancial, 
Aroma, fruta e flor.

 Pablo Neruda

 Hoje, Ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário