quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Indo assim...


Deixei-te ir...
 Como senti!
 Apenas um olhar, 
Devagarinho se foi... 

 Pela janela olhei a chuva 
Que mansa te envolvia, 
 A hora era agora
 E agora não tinha hora!

 História antiga de Amor,
 Nas estreitas curvas da vida
 De luta, sonho, riso,
 De pranto e consolo dividido.

 Pela janela olhei a chuva,
 Caia...
como meu pranto escorria,
 Uma tristeza me invadia,
 Saudades eu já sentia. 
 A hora era agora
 E agora não tinha hora!

 Amarilis Pazini Aires

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário