domingo, 1 de setembro de 2013

Saudades amor...


Meu coração se prende
 A uma saudades sem fim
 Minha alma se defende
 Pedindo que eu escreva...
 Este poema dizendo assim!

 Veja que interessante
 O que minha alma pediu pra escrever 
E agora nesse instante
 Estou tentando esclarecer 

 Meu coração ficou feliz 
Ao pensar na sua existência 
Minha alma sorri e diz
 Coisas que você nem pensa

 Foi uma felicidade
 Que em meu coração se apoderou
 A felicidade está passando 
A tristeza em meu coração voltou

 Resumindo esta escrita
 Que minha alma pediu pra escrever 
Que maldita saudade infinita...
 Que estou sentindo de você!!

 Anonimo 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário