domingo, 8 de setembro de 2013

Meus sonhos...


Quando sentires saudades
 e não mais me encontrares
 é porque varri da minha vida
 a poeira da ilusão que habitava meus sonhos.
 Quando sentires saudades
 e não mais me encontrares
 é porque sua sabedoria
 não foi suficiente para avaliar 
o vazio existencial que povoava nossas vidas. 
 Agora,
 sou apenas 
o fantasma da sua saudade. 

 Marlene Gomes

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

2 comentários:

  1. A eterna mania de darmos valor somente depois que perdemos as coisas... depois que se derrama o leite... Um dia aprenderemos a ser diferentes...
    Lindo poema.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, mas, como estudantes da vida em si, um dia aprenderemos tão profundas lições, Muito Grato!

      Excluir