domingo, 8 de setembro de 2013

Juras de amor...


Passeio
 por entre minh'alma
 buscando explicações e,
 qual aragem sopra a brisa leve
 [...] só...
 ... não entendo
 pra onde quer que eu vá
 falta-me o chão
 em vão procuro por mim
 as minhas pernas tremulam
 suor frio, taquicardia
 - ufa! que passe logo esse dia 
 tenho ainda o nosso amor carmim
 que trago para compor
 firmo-me na tua imagem
 e num momento breve 
 volta-me o sentido
 redefino-me
 entre as linhas dos versos
 elaborados com juras de amor 
 agora mais seguro
 percebo o teu sussurro
 se estabeleça de vez , aqui
 (tu, minha diva poesia)

 Pedro Costa

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário