quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Amar e crescer...


...Se inquietava
 porque se achava frágil
 frente a imensidão das coisas ... 
era uma menina 
que tinha fome de crescer,
 mas um crescer diferente
 desses que sempre estamos a ver ...
 gostava
 de sentimentos grandiosos,
 de gestos feitos
 com um coração
 que pouco cabia no peito
 Não queria ser só o instante,
 queria ser o adiante,
 sentir-se sempre no a seguir
 Queria mais...
 ser no mais, o tudo..
 Carregar dentro de si um mundo
 Ela queria ser um não ter fim 
 Ela se sentia um tão pouco
 para o muito que queria ser ...
 um segundo,
 um minuto,
 uma hora
 para uma vida inteira
 pela frente.

 Erikah Azzevedo 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário