terça-feira, 27 de agosto de 2013

Nosso encontro.


Seria tão fácil
dizer-te mil palavras bonitas,
 fazer-te um poema 
ou mesmo uma cena como nos filmes,
 deixando-te em seguida a chorar.
 Mas tudo isso para quê?!
 Se apenas uma palavra diz tudo...
 Sim, amo-te
 mais do que a minha própria vida!
 Amo e não desisto de te amar.
 Amo-te por essa voz que tens.
 Amo-te pelo ser que és. 
Por amor já nem sou eu. 
Tudo o que é meu te pertence,
 desde o dia em que te encontrei.
 E por amor,
sempre te amarei...

 Ana 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário