sexta-feira, 26 de abril de 2013

Teu olhar.

 

Sou o que sou
Uma pequena fresta,
Uma saudade incerta,
Um amor incompleto.
Sou alegre e triste,
Não vivo de fantasias,
Rotinas não combinam
Com amar em meio ao dia.
Não descarto o proibido,
Sou flecha lançada,
  Mulher apaixonada,
De alma solitária.
Não somos donos
De sentimentos,
Tudo na vida é efêmero,
Prazer nos bons momentos.
Sou dona dos meus atos,
Não culpo o contrário,
Sou beleza no meu amar,
Luz que brilha ao teu olhar.
 
Márcia Rocha.
 
Hoje, Ame Intensamente e Seja muito Feliz.
Felicidades...


Nenhum comentário:

Postar um comentário