segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Intimidade.



E, do nada, você se achegou.
 Manteve o ar de intimidade
 que o tempo desbotou.
 Madrugada virada
 tentando convencer-me
 de que ainda valia a pena.
 Presenciava a cena
 com senso crítico,
 mas não conseguía defini-la:
 tragédia ou comédia?
 O dia amanheceu.
 Um beijo trocado,
 meu silêncio impostado:
 Vá com Deus!

 Rosangela Sgoldoni

 Hoje, ame intensamente e seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário