segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Onde estás?



Ah! Se o amor fosse simples assim... 
 Eu me afogaria em suas águas
 No encanto da rosa silenciosa
 Eu não temeria o orvalho nos olhos 
Não me assustaria com a lua sedutora
 Com a pele macia dos meus sonhos
 Se fosse simples...
 Eu não escavaria meu coração
 Até descobrir onde é a dor.
 Nem lembraria o último desencanto
 Aquela linda canção não doeria tanto.
 Eu poderia resolver tudo
 Com um sim ou com um não:
 simples assim...
 Mas o meu olhar é mar angustiado
 E o meu coração
 Um barquinho de papel.

 Daniel Valente 

 Hoje, Ame intensamente e Seja muito feliz. 

Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário