sábado, 25 de fevereiro de 2012

Paixões.


 Utópicas paixões

Como é volúvel meu coração...
Bastava que me oferecessem a
pseudo-plenitude-da-paz que
destemida eu me entregava...
Vislumbrava então, a falsa luz
que emanava suave e sedutora das
frestas de portas entreabertas
de corações tolos como o meu...
Via-me rendida e apaixonada
vivendo amores devastadores
_ mas criados somente por mim
e pela carência da m'alma vazia.
Amores imaginários... Utópicos,
que como chegavam, partiam,
levando com eles pedaços meus
e deixando no meu peito apenas
feridas jamais curadas!...

Ginna Gaiotti


Hoje, Ame e Seja Feliz.

Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário