segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Divagando.




Guardadas do passado
Vivido e sobrevivido,
Belas recordações
Amores de estações.

Memórias presas
Em caixas fechadas,
São dores e alegrias
Amores e nostalgias.

Memória de amor,
Memória de dor,
Contradições de vida
Amante renascida.

Ao final de tudo
De longas divagações,
Vemos nossas escolhas
Cenário de solidão.

Sonhos de felicidade
Presos em saudades
Na delicadeza da alma
Ou nos desejos aflorados.



Márcia Rocha





Hoje, Seja Muito Feliz.


Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário